Web  portuguese.cri.cn  
Advogado chinês condenado a 7 anos de prisão por subversão ao Estado
  2016-08-04 16:24:36  cri

Zhou Shifeng, advogado e ex-diretor do Escritório de Advocacia Fengrui, foi condenado por subverter o poder do Estado e sentenciado a sete anos de prisão nesta quinta-feira.

Ele também foi destituído de seus direitos políticos por cinco anos, segundo o Segundo Tribunal Popular Intermediário de Tianjin, uma cidade portuária do norte perto de Beijing.

Zhou, de 52 anos, confessou ser culpado e disse que não apelará.

Dois outros homens conectados às atividades de Zhou foram condenados pelo mesmo tribunal na terça e quarta-feira.

Mais de 40 pessoas, incluindo advogados e jornalistas nacionais e estrangeiros, observaram o julgamento da quinta-feira. Nenhum dos parentes de Zhou estava presente, a seu pedido.

Zhou é nativo da cidade de Anyang, Província de Henan, no norte do país. Ele era diretor do Escritório de Advocacia Fengrui, em Beijing, suspenso em 2015 depois de uma investigação policial contra vários de seus funcionários.

Zhou tem sido influenciado por forças anti-China há muito tempo e gradualmente estabeleceu ideias para derrubar o sistema político do país, disse uma declaração do tribunal.

Desde 2011, Zhou atacou verbalmente o sistema socialista e a política "um país, dois sistemas", aplicada em Hong Kong e Macau, e incitou o confronto, segundo a declaração.

Ele usou a empresa como uma frente para sua agenda subversiva, recrutou advogados e outros funcionários de mesma opinião para desacreditarem juntos os órgãos judiciais, atacarem os sistemas judiciais e promoverem o sentimento antigoverno interferindo e exagerando casos sensíveis.

Junto com membros de uma organização religiosa ilegal, manifestantes pagos, advogados e outros, ele tramou e estabeleceu "estratégias, métodos e passos" para subverter o poder do Estado e executou uma série de atividades subversivas, colocando em risco a segurança nacional e a estabilidade social, disse.

"Eu confesso-me culpado", disse Zhou em sua declaração final, "Minhas ações trouxeram instabilidade e riscos para a sociedade", acrescentou.

por Xinhua

 Imprimir  Comentar  Envie para um amigo
Leia mais
Comentário

v A aldeia fica no extremo norte da China

v Coleta de sal em Fujian, no sudeste da China
mais>>
Aviso Vídeo
Para conhecer a fundo o Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional, só na Rádio Internacional da China.

Cobertura completa em todas as mídias e em 65 idiomas, transmissão ao vivo em chinês, inglês e russo, notícias em tempo real nas novas mídias para 29 idiomas, reportagens especiais para internet, em 39 idiomas, além das reportagens cooperativas com 130 rádios no exterior.

Fortalecer cooperações internacionais, construir em conjunto "Um Cinturão e Uma Rota", procurar o desenvolvimento de ganhos mútuos.

Ranking dos textos mais lidos
• Sala de visitas: O artista português Alexandre Farto, o Vhils, explica detalhes do seu estilo inovador, que já conquistou todos os continentes
• Sala de visitas: A jornalista brasileira Laís Carpenter fala sobre sua carreira e conta como veio morar na China
• Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão
• Entrevista com presidente da CMA Group do Brasil, José Sanchez
• Encontre aromas frescos do chá Tieguanyin em Anxi
• Entrevista com pianista portuguesa Marta Menezes
mais>>
Galeria de fotos

O primeiro trem maglev de Beijing foi testado no último sábado

Pinturas famosas foram transformadas pelo ilustrador chinês Along, utilizando o panda

A Pradaria de Hulunbuir é uma das quarto maiores pradarias do mundo

Um parque de estacionamento gigantesco e inteligente foi inaugurado em Beijing
mais>>

• Fanzine Nº2, 2017

• Fanzine Nº1, 2017
mais>>
© China Radio International.CRI. All Rights Reserved.
16A Shijingshan Road, Beijing, China. 100040