FMI acolhe medidas tomadas pela China para diminuir riscos de dívidas das empresas
  2016-04-27 16:59:05  cri
O Fundo Monetário Internacional divulgou no dia 26 um relatório de pesquisas, indicando como são estimulantes e acolhidas as medidas tomadas pelo governo chinês na resolução do nível de dívidas demasiado alto das empresas, aumento de empréstimos improdutivos dos bancos e outras questões.

Para salvaguardar a estabilidade do sistema financeiro, o primeiro-ministro chinês enfatizou em várias ocasiões que deve se utilizar a transformação das dívidas em ações e outras medidas para baixar passo a passo a taxa de alavancagem das empresas. Além disso, o banco central da China e outros departamentos concernentes também reafirmaram a securitização dos ativos inadimplentes.

O relatório do FMI aponta que a transformação das dívidas em ações e a securitização dos ativos inadimplentes podem ajudar as empresas chinesas na resolução da questão de alto nível de dívidas e os bancos chineses no tratamento do aumento de empréstimos improdutivos. Outros países também têm experiências de sucesso neste aspecto.

O FMI acredita que a resolução das questões referidas favorece a transformação econômica da China, que é de grande importância para a economia mundial.

Tradução: Luís Zhao

Revisão: Filipe Hu

Leia mais
Comentário