Sobre CRI Sobre Dept.
HomeGeralEconomiaCulturaVidaEsportesChinêsWebcast
Decorações de fênix e pássaros(1)
2007-11-26 09:07:45    cri

Decorações usando imagens de fênix e pássaros foram muito usadas em objetos de bronze nas Dinastia Shang e Zhou. A fênix é uma ave mitológica com plumagem de rara beleza e crista altiva que simboliza, segundo a mitologia, a felicidade. Chamada de Deus do Vento, tendo por sua denominação ter idêntica pronúncia à do vento, assim, as decorações em bronze, retratando a fênix, serviam como desenhos auxiliares a outros motivos principais de animais que representavam o poderio do rei celestial, como sendo "enviado do rei celestial".

Na Dinastia Zhou do Oeste, a nação se dedicava à agricultura, razão pela qual, usava decorações de fênix para mostrar a esperança do povo pelas boas colheitas.

Decorações retratando a fênix, em sua maioria, apresentam crista, chifre, olho, bico, corpo e cauda. Segundo registros, os primeiros desenhos de pássaros apareceram na época neolítica. Em meados da Dinastia Shang, os desenhos de pássaros sempre se encontravam numa posição secundária, nas decorações feitas em objetos de bronze e, apenas com desenhos de cabeça, mas sem parte corporal. Durante muito tempo, por se não conhecer e entender bem essa ave mitológica, foi confundida com os desenhos zoomórficos de dragão e animal. Especialistas de hoje já as identifica através da forma dos olhos e bicos.

No último período da Dinastia Shang, os desenhos de pássaros passaram a aparecer mais completos com motivos do corpo, pés e asas. Ao mesmo tempo, se distinguiram os desenhos de fênix e de pássaros pelas diferenças na crista e no corpo. Os de fênix apresentam cauda mais exuberante, enquanto os de pássaros, os corpos são mais simples, em geral, sem asas e com caudas mais curtas. As decorações de fênix começaram a ser difundidas no final da Dinastia Shang e no início da Dinastia Zhou do Oeste.

As decorações de fênix e de pássaros são divididas em seguintes espécies:

- Com mais dentes: As decorações de fênix dessa espécie apareceram com mais dentes e cauda estendida para baixo, porém com penas exuberantes, principalmente difundidas no final da Dinastia Shang e no início da Dinastia Zhou do Oeste.

- Com crista comprida: Uma crista levantada ou baixada, que partia da cabeça chegando até as costas. O corpo é enrolado com cauda comprida e abaixada, principalmente difundida no último período da Dinastia Zhou do Oeste.

- Com crista coroada: Uma crista coroada com partes alongadas, mostrando um movimento ornamental em parte eriçada e parte abaixada. As decorações dessas variedades difundiam-se mais na Dinastia Zhou do Oeste.

- Com chifres em curva: Apresentando chifre na cabeça do pássaro em curva.

- Com chifre do tipo "girafa": Muito semelhante a dos desenhos de animais com chifre "girafa", porém desenhados em linhas horizontais à cabeça. A variedade se difundia mais no último período da Dinastia Shang e no início da Dinastia Zhou.

- Com chifre agudo: Com base grossa e a extremidade aguda. Essa variedade foi mais difundida no último período da Dinastia Shang e no início da Dinastia Zhou.

- Com bico comprido: Variedade mais difundida em meados da Dinastia Zhou do Oeste, mostra corpo grande de pássaro e o bico comprido.

 
Leia mais Comentário
 
Noticiário (09-05-12)
Horário e Frequência
Minha música
Sua palavra
Correspondente Rio de Janeiro
60 Anos da Nova China
Rádio on Line
Semana no Esporte-Luis Zhao
Nos Ares da Cultura
-Inês
Sociedade Chinesa
-Luisinho
Viagem pela China-Silvia
Repórter da China
-Catarina
Encontro da CRI com seus Ouvintes
-Alexandra

Treze pandas gigantes filhotes se mudam para nova casa

Palácio de Verão

Templo de Céu
<  E-Mail  >