China Radio International
(GMT+08:00) 2006-06-23 09:30:40    
Jinshan: mais um pólo industrial de sucesso em Shanghai

cri

Jinshan, uma subsídio remoto no sul da maior cidade industrial e comercial chinesa, Shanghai, significa terra rica no idioma Chinês. Após anos de atraso em relação a outras regiões, a área vem conhecendo grandes transformações nos últimos anos.

Os habitantes de Jinshan dedicavam-se à agricultura, mas faturavam pouco. A família de Song Jie é um exemplo. Song disse à nossa reportagem que ultimamente ele não se preocupa com dinheiro, pois os aldeãos levam uma vida cada vez melhor:

"Hoje em dia, a maioria dos habitantes mora nos edifícios claros e grandes, enquanto o sistema de transporte está mais conveniente. Além disso, todas as aldeias contam com sua própria sala especial para idosos, centro médico e ginásio. Os habitantes podem gozar de serviços e equipamentos próximos de suas casas".

Jinshan possui uma superfície de mais de 850 quilômetros quadrados e uma população de 800 mil pessoas. A transição da economia agrícola para a industrial vem ocorrendo nos últimos anos. O responsável do governo local, Liu Zhengxian disse:

"A produção industrial de Jinshan atingiu mais de 61 bilhões de yuans. Os segmentos de medicamentos químicos, equipamentos eletromecânicos, têxtil e automotivo formam nosso pilar industrial. Além disso, a taxa de urbanização na região chegou a 55%."

Porque a indústria local se desenvolveu rapidamente?

Em 1979, Shanghai criou a Companhia de Petróleo e Indústria Química de Shanghai em Jinshan. Desde então, a empresa se tornou uma das gigantes industriais da região. Nos últimos anos, o governo local compreendeu cada vez mais claramente o desempenho da indústria química para o desenvolvimento econômico local, além de promover prioritariamente a indústria química fina, biomedicina, indústria química têxtil e indústria leve.

Em 2010, Jinshan construirá a faixa da indústria química com uma superfície de 60 quilômetros quadrados. A produção de refinados e de etileno atingirão respectivamente 30 milhões e 4 milhões de toneladas. Atualmente, a alemã Henkel, e norte-americana Apature e outras grandes multinacionais estão presentes em Jinshan.

O rápido desenvolvimento da indústria química não é o único motivo das mudanças em Jinshan. Em 2003, a região iniciou planejar a construção do Parque Industrial de Alta e Nova Tecnologia, a fim de impulsionar os segmentos eletrônico, metalúrgico, biomedicina e novas matérias. O governo local espera elevar o nível do desenvolvimento econômico, aproveitando essas medidas.

O responsável da Comissão Administrativa do Parque Industrial de Jinshan, Sun Yinliang apresentou as características do parque:

"O parque é moderno, personalizado e respeita o meio ambiente. Ele possui oito centros de entretenimento, residência, alimentação, etc. que se reúnem todos os empregados, o que poupa os recursos e baixa os custos das empresas. Isso é a maior característica do parque."

Segundo Sun, desde a função do parque industrial de Jinshan, o governo local investiu mais de 1 bilhão de yuans no sistema de transportes, telecomunicações, abastecimento de água, energia e outras infra-estruturas, o que forneceram os serviços de boa qualidade aos investidores e incrementaram a atração da localidade.

Apesar do rápido ritmo de desenvolvimento industrial, Jinshan não destruiu seu meio - ambiente e seus recursos naturais. O responsável do governo local, Liu Zhengxian, disse que os departamentos concernentes adotaram várias medidas para prevenir e controlar a poluição, a fim de concretizar o desenvolvimento sustentável.

"Entre 2003 e 2005, o parque estabeleceu a estação de supervisão automática sobre a qualidade do ar e ambiente, plantando mais de mil hectares de florestas e controlando a qualidade de sete rios".

Além disso, Jinshan aproveita suas linhas litorais para promover o potencial turístico. Segundo estatísticas, as receitas turísticas no ano passado chegaram a 250 milhões de yuans, criando um novo recorde para o segmento na região.