China Radio International
(GMT+08:00) 2006-06-01 11:26:35    
Xining---cidade veraneio no planalto

cri

O Planalto Qinghai-Tibete é considerado por muitos geólogos e aventureiros como o terceiro pólo do planeta, além do Antártico e Ártico, sendo também o mais alto do mundo. Xining, capital da Província de Qinghai situa-se justamente nesta região. No programa de hoje, vamos dar um passeio por esta região.

Nasceu em Xining uma das mascotes das Olimpíadas de 2008, Yingying, antílope tibetano. Também é a terra das tulipas, flor símbolo da Holanda. Muitos ouvintes poderiam questionar: com a altitude tal alta e a carência da água e oxigênio, como as flores sobrevivem? Luo Yulin, prefeito da cidade, explicou que as condições climáticas e geográficas da região favorecem o cultivo desta espécie.

"A temperatura e os raios ultravioletas do planalto são propícios ao crescimento de tulipa e contribuem para sua cor vistosa".

As flores tornam-se uma paisagem imperdível em Xining. Desde 2002, é realizado anualmente em maio o Festival de Tulipas. Durante o evento, os turistas têm acesso a quatro milhões de tipos de tulipas, além de poder conferir diferentes arranjos como relógios, animais, casas.

Caro leitor: o verão é a melhor época do ano para se visitar Xining, pois enquanto a maioria das metrópoles chinesas enfrenta altas temperaturas, esta cidade curte uma temperatura média de 20 graus, graças à sua localização. Wang Jun, vice-diretor da Administração Nacional de Turismo, avaliou:

"Xining é um lugar ideal para fugir do calor. Seu clima ameno tem atraído turistas oriundos de todo o mundo, assim como seus patrimônios culturais e históricos".

O templo budista Sku-vbum, a 25 quilômetros de Xining, é um bom exemplo disto.

Com mais de 400 anos de história e uma área total de 400 mil metros quadrados, o templo conta com mil pátios e 4.500 pavilhões, sendo o mais importante centro budista do noroeste da China. A arte do conjunto arquitetônico impregna afrescos, duixiu (pintura tradicional tibetana) e suyouhua (escultura feita com manteiga).

Os afrescos podem rivalizar com a beleza dos afrescos da Gruta Dunhuang, mais conhecidos mundialmente, tanto por sua cor quanto na sua técnica de pintura. Duixiu, pintura tibetana, é um tipo de bordado manual elaborado somente por monges. O tema das obras vem principalmente das histórias budistas ou ditos populares. No templo Sku-vbum, são conservadas 18 peças de Duixiu, cujos protagonistas possuem olhos e dentes feitos de pérolas pretas e marfins.

Suyouhua, ou seja, massa para modelo elaborada com manteiga. Todos os invernos, os monges iniciam a produção, modelando aves, flores, estatuetas. Uma Feira de Suyouhua acontece anualmente no dia 15 de janeiro do Calendário Lunar Chinês. Nessa data, os adeptos de todo o mundo se reúnem no templo. Os Suyouhua derretem com a chegada da primavera.

Os budistas podem ser avistados se ajoelhando e tocando com a testa no chão para externar a reverência às divindades. Ma Lin, turista de Beijing, disse que os que visitam o templo vão tocar no rotor de bíblia para ser abençoados.

"Aqui, posso sentir a essência da cultura budista. Não é possível encontrar outro lugar como este".

Caro ouvinte, a entrada do templo custa 80 yuans. O translado entre Xining e o templo é cômodo e custa apenas cinco yuans.