• Fanzine• Sobre CRI• Sobre o Dept.
China Radio International
China
Mundo
  Notícias
  Economia
  Cultura
  Ciência e Tecnologia
  Esporte
  Turismo
  Diplomacia

Repórter

Cultura

Turismo

Sociedade

Etnias

Mundo Lusófono

Culinária
(GMT+08:00) 2006-05-31 08:35:29    
Comissão da Amazônia debate integração sul-americana

cri

Segundo a Xinhua informou, a participação do Brasil na Iniciativa para a Integração da Infra-Estrutura Regional Sul-Americana (IIRSA) ? Saída para o Pacífico e Caribe será discutida dia 30 em audiência pública promovida pela Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional, da Câmara dos Deputados. Participaram o coordenador nacional da IIRSA, Ariel Pares, o subsecretário-geral da América do Sul do Ministério das Relações Exteriores, José Eduardo Felício, e representantes do Ministério dos Transportes e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O debate começa às 15 horas, no plenário 13 da Câmara.

A IIRSA surgiu de uma reunião de presidentes da América do Sul, ocorrida em 2000 em Brasília. Na época, 12 países se comprometeram a estabelecer políticas complementares para integrar as infra-estruturas de transporte (aéreo, terrestre e hidroviário), energia e telecomunicações no continente.

O diretor de Planificação do Ministério de Transportes, Francisco Luiz Baptista Costa, destacou que já tem 27 projetos acordados entre os distintos países para a integração da América do Sul na área de transporte.

Segundo Baptista Costa, entre essas obras têm várias que envolvem o Brasil, como uma ponte sobre o Rio Tacutú que ligará o país com Guiana, o trecho ferroviário em torno a São Paulo ou a ponte sobre o Rio Acre, na fronteira com a Bolívia, já inaugurado.

O secretário do ministério de Planificação, Ariel Garces Pares, afirmou que o grande desafio do processo de integração física da América do Sul é encontrar novas vias de financiamento para as obras de grande envergadura.

"Devemos atrair o setor privado e identificar mecanismos inovadores para projetar os projetos", disse Garces Pares.

Ao cerrar os trabalhos de audiência, o presidente da Comissão, deputado Miguel de Souza, destacou também a importância da integração aérea da região. "Os empresários, quando viajam para fazer negócios, também usam muito avião".

O sub-secretário geral da América do Sul da chancelaria José Felício, respondeu que o governo brasileiro estuda a diminuição das taxas aplicadas ao transporte aéreo na América do Sul que atualmente são as mesmas que para viagens à Europa.

O embaixador Felício recordou que já suspendeu pagamento de visa para quem viajam a Peru, e sublinhou que o Brasil quer estender esse benefício a todos os países da América do Sul.