• Fanzine• Sobre CRI• Sobre o Dept.
China Radio International
China
Mundo
  Notícias
  Economia
  Cultura
  Ciência e Tecnologia
  Esporte
  Turismo
  Diplomacia

Repórter

Cultura

Turismo

Sociedade

Etnias

Mundo Lusófono

Culinária
(GMT+08:00) 2005-10-14 08:50:48    
Conheça China de ônibus

cri

Um número crescente de estrangeiros na China opta por viajar de ônibus turísticos. Para atender a tal necessidade, várias agências passaram a oferecer diferentes roteiros. A China International Travel Service (CITS), pioneiro da área no País, promoveu recentemente dois roteiros - os mais bem procurados desde sua inauguração -, Beijing - Shanghai e Beijing - Xi´an.

"Graças aos pesados investimentos efetuados nos últimos anos, o sistema rodoviário do País está cada dia melhor", disse o vice-diretor do Departamento de Exploração do Mercado da CITS, Guo Wenbing, "Com base nisso, exploramos duas linhas turísticas. Uma é Beijing a Shanghai, com uma duração de 12 dias e via Tianjing, Taishan, Qufu, Xuzhou e Suzhou. A outra é entre Beijing e Xi´an, com escala em Baoding, Handan, Anyang, Zhengzhou, Luoyang e Sanmenxia. A viagem leva 9 dias".

Conforme o Guo, a maioria das cidades em torno das auto-estradas do País possui boas instalações turísticas, facilitando os turistas e seus programas de visitação. "Viajar por rodovia possui suas próprias vantagens", disse Gao Feifei, guia da CITS, "Tomo o roteiro entre Beijing e Shanghai como exemplo. Os turistas estrangeiros se interessam em conhecer a cultura chinesa. Em Beijing, eles podem visitar a Cidade Proibida (Palácio Imperial) e a Grande Muralha. Em Qufu (Província de Shangdong), terra natal do Confúcio, é quase obrigatório conhecer o Templo do Confúcio. Ao passar por Xuzhou (Província de Jiangsu), vale a pena visitar túmulos de estilo da dinastia Han. Em Shanghai, a maior metrópole chinesa, eles vão poder desfrutar do prazer de fazer compras e saborear partos deliciosos".

Normalmente, os que viajem de avião entre Beijing e Shanghai não escolhem Qufu ou Xuzhou como suas paradas. De fato, são dois lugares históricos de grande importância na China. Qufu, como disse Gao, é a terra natal do grande filósofo chinês Confúcio. Ela reúne um grande número de relíquias históricas e culturais relacionadas com o filósofo. A cidade de Xuzhou preserva, de uma forma intacta, vários túmulos de importantes famílias da dinastia Han.

Do outro lado, o roteiro entre Beijing e Xi´an oferece aos turistas mais chances de ver as relíquias históricas chinesas, por exemplo, a inscrição sobre os ossos de carapaças de tartarugas descoberta em Anyang, na província do Henan, e a tumba de Qingshihuang e seus guerreiros de terracota em Xi´an.

Os roteiros executados por ônibus turístico são bem aceitos entre estrangeiros. "Adoro viajar por rodovia. É mais fácil para eu conhecer o cotidiano dos chineses", disse o norte-americano Bill Milewski, que viajou três vezes por roteiros rodoviários "De ônibus, posso visitar a Montanha Taishan e o Templo do Confúcio durante o trajeto Beijing e Shanghai".