• Fanzine• Sobre CRI• Sobre o Dept.
China Radio International
China
Mundo
  Notícias
  Economia
  Cultura
  Ciência e Tecnologia
  Esporte
  Turismo
  Diplomacia

Repórter

Cultura

Turismo

Sociedade

Etnias

Mundo Lusófono

Culinária
(GMT+08:00) 2005-04-14 08:59:09    
Mercado Xiushui

cri

A capital da China - Bejing - é um dos maiores centros históricos e culturais do País, possuindo um grande número de áreas tombadas pela UNESCO, entre as quais, se destacam a Grande Muralha, Palácio Imperial (Cidade Proibida), o Palácio do Verão etc. Também é uma boa opção para os que se interessam pela culinária chinesa, pois concentra restaurantes de quase todas as escolas do País. Para os que querem comprar os produtos típicos da China, a cidade de Beijing também oferece bons lugares, como por exemplo, o mercado Ya Xiu, a rua Liulichang, o mercado de antiguidades Panjiayuan e o mercado Xiushui. Entre eles, o mercado Xiushui é, sem dúvida, o mais famoso.

No passado, Xiushui, era um mercado ao ar livre que se localizava numa rua com uma extensão de 500 metros perto da área das embaixadas, no Leste de Beijing. Na década de 80 do século passado, era somente um pequeno mercado onde se vendiam produtos têxteis baratos. Em virtude da sua localização favorável, passou a ser um centro de vestuários, lembranças e produtos de seda, atraindo turistas nacionais e estrangeiros. Chapéu, bolsas, meias, sapatos, roupas, até túnicas e casacos sem forros utilizados na dinastia Qing (1644 -1912)...tudo pode ser encontrado aqui.

O velho mercado de Xiushui não tinha nada especial. Sem elevador ou ar condicionado, era apinhado e ruidoso. No inverno, os vendedores e os clientes sofriam com o frio, enquanto no verão, tinham que enfrentar o calor sufocante. No entanto, era justamente nesta rua que, diariamente, entre vinte e trinta mil turistas, 70% dos quais estrangeiros, faziam suas compras. Wang Guoqi, 40 anos, foi um dos primeiros vendedores de Xiushui. Para ele, as cenas mais interessantes acontecem quando os vendedores e os turistas discutem os preços. "Quando eu iniciei meu negócio, a primeira frase que disse em inglês era 'This is color, color and color' (Há várias cores deste modelo.)". Agora, muitos vendedores dominam duas ou até três línguas, como Inglês, Japonês e Russo, acrescentou.

Xiushui é um lugar onde se encontra famosos atores, cantores e celebridades. Como turistas, eles vão de um lado para outro escolhendo os produtos e barganhando os preços com os vendedores. Para os que conhecem o lugar, Xiushui é um paraíso, porque se sempre acha aqui as coisas boas, mas também é um aborrecimento, pois é necessário muita barganha. John Gallaghs, um dinamarquês que ensina Inglês na China, é um cliente assíduo do mercado. Ele disse assim: "Adoro fazer compras no velho Xiushui. O contato direito com as pessoas me fascina muito".

Porém, o velho Xiushui a que John Gallaghs se referiu não existe mais. O mercado mudou para um edifício situado ao lado da rua Xiushui. Com cinco andares e dois subsolos, o novo mercado de Xiushui é limpo e bem - organizado, oferecendo, além de produtos, serviços como restaurantes e guias de compras. Liu Lijun, 35 anos, está tratando das formalidades para entrar no novo mercado. Ela é motivada pelo "novo Xiushui". Para ela, as intempéries climáticas não influenciarão tanto os negócios como antes. O gerente do novo Xiushui, Ji Wei, revelou que eles pretendem assinar acordos cooperativos com uns 20 agências turísticas de Beijing por intermédio do pacote "Visite a Grande Muralha, Prove o Pato de Beijing e Faça Compras em Xiushui".